SONHO GRANDE: CONHEÇA A HISTÓRIA INSPIRADORA DESSE TRIO VENCEDOR

Raras trajetórias de empreendedores brasileiros são tão inspiradoras quanto a de Jorge Paulo Lemann, dono das gigantes AB InBev, Burger King e Heinz. O livro Sonho Grande, lançado pela jornalista Cristiane Correa este ano, mergulha no mundo discreto do empresário e de seus sócios Marcel Telles e Beto Sicupira. A obra desvenda os valores, o estilo de gestão e as estratégias do trio, que hoje controla suas companhias por meio da empresa de private equity 3G Capital.

A jornada de sucesso começa com a compra da corretora Garantia (que se tornaria um banco) e passa por aquisições memoráveis como das Lojas Americanas, Brahma e Antarctica. Integrar as duas últimas, cuja rivalidade no mercado se estendia entre os funcionários, era como juntar o São Paulo com o Corinthians, como define o advogado Paulo Aragão no livro.

Cristiane observa que as aquisições e fusões realizadas pelo trio de empresários não são guiadas simplesmente por “derrubar paredes e crescer”. Metas e meritocracia, ou seja, premiar os que apresentam melhor desempenho, que o próprio Jorge Paulo diz ter aprendido com o Walmart e o Goldman Sachs, são princípios básicos para eles.

Criar uma cultura sólida é uma marca do trio. “A cultura é a base do negócio deles. É o que eles têm de único e que conseguem replicar em negócios tão diferentes. Portanto, seja uma padaria ou uma empresa gigante, ter valores claros para todo mundo é algo que precisa ser levado a sério”, afirma a autora, que tem feito palestras sobre a história e o estilo de gestão dos empresários.

A compra da cervejaria americana Anheuser-Busch, dona da Budweiser foi um sonho alimentado durante 20 anos pelos sócios. O negócio foi extremamente desafiante: iniciado bem no começo da crise financeira mundial, em 2008, levou seis meses para ser concluído e exigiu 1,5 bilhão de euros dos próprios bolsos dos empresários, para completar os 52 bilhões de dólares pagos pela empresa.

“Eles têm senso de oportunidade, disciplina e pensam muito no longo prazo. Também são muito rigorosos com o controle de custos e mantêm os olhos atentos ao caixa. Aliás, grandes fortunas, em geral, são feitas com trabalho árduo de décadas”, diz Cristiane. Mas nem tudo são flores no caminho do trio. A derrocada do então famoso Banco Garantia, vendido para o Credit Suisse nos anos 90, foi um golpe duro. “Foi muito triste. Aquilo era uma paixão. Foi construído com o maior carinho e foi suado pra burro”, disse Jorge Paulo anos depois, de acordo com o livro. Os empresários mantém a atuação no mercado financeiro brasileiro por meio da GP Investimentos, a primeira empresa de private equity do país, fundada por eles.

Jorge Paulo, Marcel Telles e Beto Sicupira estudaram na Universidade de Harvard (EUA). Sem desmerecer a formação acadêmica no mundo globalizado, Cristiane considera que ter visão é mais importante para os negócios. “Com visão pode-se chegar longe; com formação, nem tanto. Visão e ambição vêm primeiro. Você pode cuidar da sua formação depois ou contratar gente que saiba fazer o que é preciso”, defende.

Escrever o livro também foi a realização de um “sonho grande” para a jornalista, que insistiu durante quatro anos para que os empresários contassem a sua história. Eles se recusaram, afinal, também são reconhecidos pela discrição, mas não a impediram. Cristiane entrevistou mais de 100 pessoas e levou um ano e meio para concretizá-lo. O prefácio do guru de negócios Jim Collins é uma lição à parte para empreendedores.

Amor e Sabedoria.

Thiago Tombini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s