4 GRANDES LIÇÕES PARA SUPERAR A CRISE COM INTELIGÊNCIA

A crise está instalada no Brasil e o caos está instalado no mundo. É isso o que está acontecendo? Não exatamente… Porém, é isso o que eles querem que você pense!

O que de fato torna um país, uma sociedade, uma empresa, uma família, uma pessoa, refém da crise, é, com toda a certeza, dois vínculos: o primeiro, o vínculo com a preguiça, já o segundo, é o vínculo com a incorporação em massa de um luto latente.

Olhe para o seu lado, converse com seu chefe, seu pai, sua mãe, seu melhor amigo, um desconhecido qualquer e verá: as pessoas estão reféns da crise.

São poucos, mas existem casos de “heróis” que transformam crise em sonhos.

A americana Bella Weems, de apenas 18 anos, é a prova de que é possível empreender e ter sucesso desde cedo. Bella é a criadora da empresa de joias Origami Owl. O negócio nasceu em 2010, quando a garota tinha 14 anos, motivado pelo sonho a partir do objetivo da empreendedora de comprar um carro assim que tivesse idade para dirigir. Anos depois, o sucesso da Origami Owl fez com que Bella ganhasse bem mais que um carro.

O investimento inicial de Bella na Origami Owl foi de US$ 350, dinheiro ganho por Bella em trabalhos como babá. Ela começou a fazer joias e contou com a ajuda de família e amigos para vendê-las para conhecidos. Em 2010, durante a Black Friday, ela conseguiu abrir um quiosque em Chandler, sua cidade natal. A partir daí, o negócio decolou. No ano seguinte, a Origami Owl começou a trabalhar com consultores, que compram as joias e as revendem.

O faturamento da Origami Owl chegou a US$ 250 milhões em 2013. A receita de 2014 e resultados prévios destes anos ainda não foram revelados.

Aqui no Brasil, um jovem, ao fim do ensino médio, “ignorou” a faculdade (por um tempo, pelo menos) e decidiu empreender. Ele é Lucas Felix, paulista de 21 anos e fundador da The Moments, uma empresa que organiza excursões.

Enquanto estava estudando, Felix percebeu que poderia criar uma empresa de excursões. “Os passeios sempre são uma das melhores fases das nossas vidas e, com uma empresa do segmento, poderia levar aquele sorriso da infância ao rosto das pessoas novamente.”

Ao mesmo tempo, a mãe de Felix estava vendendo uma casa e o jovem usou uma parte do dinheiro para abrir o negócio próprio. Por causa da ideia e da ajuda da família, ele preferiu empreender a entrar na faculdade. Foi só em 2014, três anos após abrir a The Moments, que Felix entrou em um curso superior, ele está no primeiro ano da graduação em eventos.

A The Moments organiza passeios a parques de diversão, acampamentos, peças de teatro e visitas em geral. A empresa monta a programação, contrata o transporte e a monitoria e atua no pós-venda, com pesquisas de satisfação a planos de melhoria.

Antes de cada excursão, a empresa manda um consultor para cada escola. “Os profissionais passam em cada sala de aula e levam material de divulgação das visitas. Fazemos isso para despertar o interesse dos alunos”, diz Felix. A The Moments tem 10 consultores. Os monitores, por sua vez, são contratados de acordo com a demanda pelos serviços da empresa.

De acordo com o fundador, a The Moments atende, em meses de pico, como outubro, aproximadamente mil clientes.

Há cerca de um mês e meio, a The Moments ampliou seu público-alvo e também está oferecendo serviços a empresas. Para clientes corporativos, Felix trabalha com quatro planos semestrais, com números diferentes de excursões, enquanto o plano mais básico realiza dois passeios por semestre, o mais completo faz 10 viagens no mesmo espaço de tempo.

Para o futuro, os planos de Felix são continuar trabalhando com as escolas, ampliar a prestação de serviços corporativos e passar a atender pessoas físicas.

Ambos são heróis revolucionários que transformaram crises em sonhos e hoje respiram uma realidade almejada por muitos. São exceções? São! Fogem a regra? Fogem! Podem ser modelados? Podem! O que eles fazem de tão diferente? Vamos ver!

Lição 1: Ignore os pessimistas.

Muitas vezes, empreender é arriscado.

Alguns vão falar que o negócio vai dar errado outras que o negócio não vai dar certo. Em muitos casos, tais pessimistas são da sua família, em outros casos são os seus melhores amigos ou ainda um conhecido. A intenção deles talvez seja das mais nobres: eles querem proteger você da falha. Apesar das opiniões contrárias daqueles que você ama, você deve seguir em frente de cabeça erguida e peito estufado. Se não acreditar no seu instinto e não tiver confiança, o sucesso não virá.

Ao olhar de um pessimista, uma pessoa que desfruta de tal posto na vida pode parecer abençoada, sortuda ou trapaceira, não importa o que eles acham, essas pessoas sabem perfeitamente em quem e no que acreditar, e por isso sempre estão rodeadas de pessoas como elas ou melhores que elas.

Lição 2: Estabeleça seus valores.

“Viva por seus valores ou será consumido por eles.”
— Thiago Tombini

Quais são os seus valores? Quais são os seus princípios? O que é importante para você?

Essas são algumas das perguntas que as pessoas que revolucionam o mundo sabem responder. O mais importante é que essas pessoas sabem se questionar com sabedoria e seguem a risca aquilo que acreditam ser importante para suas vidas. Os valores guiam nossas decisões, por isso, se tivermos valores fúteis ou não soubermos reconhecer nossos verdadeiros valores de vida, estaremos, automaticamente, abrindo mão de uma vida repleta de realizações e felicidade para dar e vender.

Eu acredito fielmente que as coisas não mudam, nós é quem mudamos. Acredito também, que são as nossas decisões, e as atitudes que tomamos perante as nossas decisões, que criam o nosso destino. Baseado nesses fatos, sei que as pessoas que revolucionam o mundo se desafiam cotidianamente, ousam mais e dão o seu melhor, esticando seus limites e transformando muros em pontes.

Lição 3: Confie no seu propósito.

É comum uma pessoa saber mais do que o chefe, o amigo ou a namorada gostam e ter dificuldade de falar sobre o próprio propósito.

Quem ganhou o Big Brother? Quem ganhou o Campeonato Brasileiro de Futebol? Quem é o nome da vez na música sertaneja?

Engraçado, mas muitas pessoas têm resposta para todas essas perguntas. Porém, quando a pergunta tem como direção a própria vida, a coisa fica feia.

O que você ambiciona na vida? O que você gostaria de ser, fazer, ter? Qual é o seu verdadeiro propósito de vida?

As pessoas que transformam o mundo em um lugar melhor para se viver sabem responder essas perguntas e, mais que isso, sabem colocar seu propósito em prática. A questão não é o medo, a questão aqui é a coragem para vencer.

Qualquer coisa é largamente possível se você souber focar na paixão e no propósito!

Lição 4: Dê o seu melhor sempre.

Potencializar projetos e materializar sonhos é trabalho para os fortes.

Poucos são aqueles que sabem navegar o barco quando o mar está nervoso, revolto e turbulento. Porém, os que sabem, desfrutam de um oceano de realizações.

As pessoas que aprenderam a crescer perante a crise não se abalam com falsos testemunhos, falsas promessas e notícias que circulam sem eira nem beira, são autossuficientes e garantem seu sucesso guiando suas decisões e ações com a leveza de quem aprendeu a esculpir a própria vida. Essas pessoas extraordinárias e memoráveis projetam em suas vidas energia, motivação e vitalidade, tudo porque sabem do que precisam para viver seus sonhos sem limites.

A questão aqui não é cair, mas quanto tempo elas demoram para levantar e seguir em frente. Levantam rápido e estão sempre dispostas para uma nova dose de adrenalina.

Você consegue perceber nitidamente a diferença entre essas pessoas e a outra grande maioria?

Eu consigo captar essa grotesca diferença, até porque tenho estudado, pesquisado e convivido com essa pequena massa revolucionária nos últimos 15 anos. Percebi que essas pessoas planejam, organizam, direcionam, coordenam e controlam tudo com extrema habilidade e, por isso, conseguem feitos tão distintos, expressivos e únicos.

“Empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades e são capazes de transformar ambos em vantagem.”
— Nicolau Maquiavel

Amor e Sabedoria.

Thiago Tombini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s